Blog BabyLo
terror noturno
Nosso Bebê

Terror Noturno. Você sabe o que é?

Nas últimas semanas passamos por dias bem tensos em casa com nosso pequeno garotinho, após a vacina da gripe ele começou com febre e aí deu-se início ao pavor dos pais: noites em claro com filhos doentes.

E com isso comecei a achar que Lorenzo estava tendo o chamado “terror noturno” e fui pesquisar MUITO sobre isso…vejam aqui o que descobri, e observem seus filhos para conseguir ajudar desde o início, caso eles precisem.

terror noturno

O que é Terror Noturno?

Ocorrem com cerca de 5 por cento de todas as crianças, e podem começar já aos 9 meses de idade. Durante uma crise de terror noturno, a criança pode chorar, gritar, gemer, sentar na cama e se debater (Lorenzo fazia isso, é apavorante, porque não conseguia acalmá-lo de forma alguma). Mesmo que ela esteja de olhos abertos, não sabe que você está ali e não se acalma.
A crise pode durar alguns minutos e é raro que seja de mais de 15 minutos. Depois que passa, a criança volta a dormir e, no dia seguinte, não vai lembrar de nada.

Entenda a diferença: Terror Noturno, não é Pesadelo.

Os pesadelos ocorrem durante a fase do sono conhecida como REM, que é quando as pessoas sonham. Depois de um pesadelo, a criança tem ideia do motivo de estar assustada, e após os 2 anos de idade começa a explicar o sonho.
Outra coisa que acontecem com os pesadelos é que a criança pode ficar com medo de voltar a dormir, e no dia seguinte consegue se lembrar de que teve um sonho ruim.
Se seu filho costuma dormir bem e de repente acorda chorando, com cara de assustado, agarra-se a você e tem dificuldade de voltar a dormir, pode ter sido um pesadelo.
O terror noturno é menos comum, e normalmente ocorre na primeira metade da noite. No terror noturno a criança não chega a acordar, e não se lembra do incidente na manhã seguinte.
Em geral tem a ver com o desenvolvimento do sistema nervoso central. É como se o cérebro ainda não estivesse suficientemente maduro para realizar a transição entre o sono e o despertar. Por isso, a criança fica em um “limbo” entre o dormir e o acordar. Em geral, pais que falam à noite ou são sonâmbulos têm filhos com terror noturno (o que vocês acham? Marido tem problemas com o sono, já peguei ele sentado na cama me olhando…#medo).

Causas e sintomas

Com as células ainda não maduras, o sistema nervoso central pode receber um exagerado estímulo durante o sono e não saber como lidar com isso, causando então o terror noturno.
Alguns possíveis fatores a este problema seriam:
– Extremo cansaço
– Febre (em crianças)
– Presença de luzes ou barulhos
– Histórico familiar de terror noturno ou sonambulismo.

Alguns sintomas nos mostram quando o episódio está tendo início:
– Sentar-se na cama
– Gritar
– Ter uma expressão facial de medo intenso
– Apresentar uma respiração anormal e batimento cardíaco acelerado
– Chorar inconsolavelmente
– Levantar da cama e correr dentro ou ao redor da casa.

terror noturno

Por apresentar diversos desses sintomas nos apavoramos, não que traga consequências ruins a criança, mas porque passar quase uma semana acordando de uma em uma hora com o filho chorando, desesperado e sem conseguir acalmá-lo por minutos é muito estressante e triste…buscamos a pediatra, onde após diagnosticar todos os sintomas dele, vimos que se tratava de outra coisa (graças a Deus), mas serviu de informação e aprendizado.

Caso notem algo diferente no sono de seus filhos, conversem sempre com o pediatra antes de qualquer medicação. Espero ter ajudado um pouco vocês.

Beijos, :*

Fonte de Pesquisa: BabyCenter Brasil

7 comments

  1. Oi Vivi
    Muito bom e oportuno seu post!
    Este é um tema muito importante e pouco entendido.
    Gostei muito do conteúdo.
    Espero que seu pequeno fique bem logo.
    Bjs

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: